FLUXO DE CAIXA NA CONFECÇÃO. SIM É POSSÍVEL.

FLUXO DE CAIXA NA CONFECÇÃO. SIM É POSSÍVEL.

FLUXO DE CAIXA NA CONFECÇÃO. SIM É POSSÍVEL.

A confecção é um dos segmentos mais complexos e que tem um ciclo financeiro mais longo.

Se administrar o caixa já é uma tarefa desafiadora, planejar o fluxo de caixa é quase que uma missão impossível.

Isso seria verdade, se não houvesse no mercado, softwares e ferramentas de gestão que auxiliam o empresário ou gestor financeiro nesta tarefa tão importante.

FLUXO DE CAIXA E LUCRATIVIDADE, ONDE ESTÁ O VERDADEIRO INDICADOR DE RESULTADOS?

A matemática do lucro parece ser simples:
faturamento – deduções – custo do produto – despesas fixas = lucro”

Mas isso é o suficiente para manter o caixa da sua empresa no azul?

Sem o Fluxo de Caixa, é impossível organizar as contas e garantir que a entrada do dinheiro aconteça a tempo de cobrir a saída de recursos.

Para ter uma previsão com o máximo de proximidade com a realidade, envolver todos os departamentos da empresa é fundamental, já que a maior parte das contas está distribuída pelas áreas da empresa.

O Financeiro paga, mas o PCP produz e portanto solicita recursos, compras efetiva os pedidos com os fornecedores, o comercial planeja o faturamento que consequentemente demandará fretes, comissões e outras despesas.

O ponto é que a maioria das empresas não possuem processos nem tecnologia  eficiente que integre as informações para que o financeiro não tenha que ficar vasculhando e-mails, planilhas de Excel e anotações em cadernos.

Não ter um Fluxo de Caixa é o primeiro ralo para  lucratividade

Empresas que não tem planejamento financeiro, sofrem constantemente por:

  • Não ter recursos suficientes para pagar os fornecedores na data prevista, e por isso e usam parte do seu lucro para pagar juros;
  • Perder negociações lucrativas, pela falta clareza se poderão oferecer um financiamento maior ou um parcelamento para um cliente.
  • Deixar de negociar descontos com fornecedores, por não terem clareza do caixa a médio prazo.
  • Se enfiar em empréstimos desnecessários;
  • Deixar de aplicar o dinheiro por medo de precisar do recurso a curto prazo.

Dicas de ouro para você ter e manter o Fluxo de Caixa:

1 – Registre tudo.

No fluxo de caixa é importante que você saiba de onde vem e para onde vai o dinheiro.

Não deixe que uma gestão falha comprometa a qualidade das informações porque isso colocará em risco o seu lucro.

2 – Planeje a Longo Prazo.
Sem um fluxo de caixa, é impossível planejar um investimento ou tomar uma ação para redução de despesas no tempo correto. Somente o planejamento financeiro poderá te dizer quando e quanto você terá liquidez.

3– Simule todas as suas compras.
Desconsiderar compras de baixo valor ou não aplicar a condição de pagamento de forma correta é um grande passo para o abismo. Muitas contas pequenas somadas viram um grande valor, principalmente quando são  recorrentes.

Não considerar quando as contas serão pagas, também é uma armadilha, principalmente quando a sua venda é feita a prazo. O ideal é que suas contas vençam na mesma época que seus clientes estiverem efetuando os pagamentos, caso contrário, o desencaixe financeiro gerará pagamento de juros para bancos ou fornecedores.

Visualizar essa situação, poderá sera a sinalização que seu gestor precisa para lançar uma promoção para venda com prazo menor de recebimento.

4 – Controle os seus estoques

Quando o gestor financeiro tem clareza sobre os desencaixes no Fluxo de Caixa, a criação de melhores estratégias de compras e a administração dos estoques se torna uma tarefa natural nas empresas, que entendem que dinheiro parado no estoque pode ser o segundo ralo para lucratividade.

5 – Integre as informações
Não tente ser um super-herói do Planejamento. Invista em tecnologia e processos e integre todas as informações da sua empresa.

O Fluxo de Caixa deve ser um documento gerado de forma orgânica, enquanto os  departamentos fazem seus próprios lançamentos.

Centralizar as informações, é loucura, mas acreditar que a empresa trabalhará par atender a demanda da área financeira também é.

Tenha um processo, ou software que gere os dados sem gerar mais trabalho para ninguém.

 

Mirtis Fernandes
CPO  na VST Soluções e Softwares.

Compartilhe

WhatsApp Chat
Enviar