5 Problemas que um sistema ERP pode resolver

5 Problemas que um sistema ERP pode resolver

A confecção no Brasil ainda é muito analógica se compararmos a outros países, parte dos motivos para este cenário é o mau aproveitamento no uso de tecnologia e a crença de que estes recursos são caros.

É muito comum empresas de confecção gerenciarem sua produção com planilhas enormes e com isso acabam por acumularem funções de diversos departamentos em um único grupo de profissionais podendo prejudicar a produtividade e gerando um cenário desmotivador e prejudicial a todo o processo de trabalho. 

O uso de ERP pode resolver estas questões e tem suas vantagens porem, poucos gestores estão atentos a este fato.

 Não estou insinuando aqui que a tecnologia deveria ser adquirida de forma irresponsável e descontrolada, a questão aqui é que o empresário fica preso apenas as tarefas do dia a dia pois todo o trabalho é praticamente manual sendo que isso poderia ser resolvido com um ERP. 

O ponto critico está no modelo de gestão e este, normalmente é o grande dificultador de melhorias do setor têxtil, um ERP eficiente é um sistema justamente construído para gerenciar tarefas e processos e permitir ao funcionário e ao gestor ter o trabalho de “pensar” o negocio. Tarefas como controle de estoque, contas a pagar e receber, processos fiscais, conciliações, ordem de explosão, controle de caixa e muitos outros precisam estar organizado e as informações devem estar explicitas para que o trabalho de planejar e pensar o negócio seja o foco da empresa. 

 Abaixo listamos cinco erros mais comuns e que o ERP tem como condição de resolver, segue:  

 1#. Conciliação financeira
Conciliar o recebimento de boletos, cartões, faturas, duplicatas, entradas, saídas e extratos automaticamente são uma das vantagens do uso de um sistema, vantagens esta quase que insubstituível pelo gestor pois dependendo do tamanho da empresa fica muito trabalhoso juntar todas estas informações de forma correta.
Não é somente o volume de dados que complica a gestão, outro aspecto importante faz referencia a arquitetura do sistema em si. A maneira como o software foi desenhado ajuda a trazer informações fundamentais, empresas de sistemas competentes estão comprometidas em atender seus clientes com excelência. Quando a equipe de desenvolvimento deste sistema possui profissionais que já atuaram no setor de confecção e moda a qualidade do ERP fica evidente e o desempenho da empresa aumenta. 

 #2. Controle de Estoque
Um dos problemas que mais afetam a gestão de estoque é a ruptura dele. Estoque pode ser um grande problema quando o gestor não sabe, exatamente, oque dispõe, qual grade e cor disponível e onde esta localizado. A função do ERP é ajudar a controlar os endereçamentos dos produtos e garantir uma performance nas operações de picking e packing facilitando o dia a dia das operações e aumentando a eficiência operacional da empresa, em confecção é comum um controle amador de estoque, do dia para a noite surge alguns zipers, botões, etiquetas que não estavam previstas ou contabilizadas. Esse tipo de condição deve ser evitada pois o estoque é a materialização do dinheiro da empresa, se ele é tratado de forma irresponsável, com toda certeza, o faturamento real ficará prejudicado. 

  #3. Padronização e ritmo de atividade
Toda empresa está suscetível a erros, principalmente se o processo de trabalho ainda for analógico, os processos manuais e o fluxo de trabalho estão sujeitos a uma falta de padronização de tarefas. Parte dos motivos por esta falta de padronização esta associada ao aspecto humano, profissionais não comprometidos e desmotivados falham muito mais, o ERP não tem a função de ajudar o usuário em suas questões emocionais e trabalhistas mas, o sistema pode exigir atividades, validações e parâmetros para o funcionário e estas ações irão fazer a diferença no processo fabril. A automatização de processos garante, ou pelo menos aumenta as chances, de uma eficiencia nas tarefas diárias e pode aumentar a produtividade da equipe. 

 #4. Produtividade
Processos manuais tomam muito o tempo da equipe e acabam sobrecarregando os funcionários, especialmente em setores como PCP, Estoque, Corte e Comercial, onde a rotatividade de colaboradores é alta. Uma das vantagens do sistema ERP é que ele, ao padronizar algumas atividades, é possível garantir produtividade dentro do setor e permite uma ação rápida e eficiente, além de concentrar o departamento em atividades mais importantes. 

 #5. Segurança
Uma empresa trabalha com milhares de dados por dia e deixá-los desprotegidos dentro de planilhas e arquivos soltos pode acarretar em diversos problemas para a organização, além de garantir privacidade das informações que os gestores querem proteger. Quem nunca aqui teve seus dados perdidos, alterados ou corrompido depois de uma queda de energia ou problema operacional. Com um sistema ERP eficiente os processos são centralizados em um servidor, aumentando a segurança das informações e garantindo a credibilidade dos negócios. 

 Conclusão 

Ainda há empresas que resistem à contratação de um sistema de gestão e isso muitas vezes se deve ao fato dessas empresas ainda estarem apegadas e operarem com conceitos analógicos de gestão. Não é da noite para o dia que se adota um sistema ERP que facilite a rotina empresarial, mas, ficar observando os concorrentes ganharem mercado e colocar o fracasso na conta da economia do país também não dá. É necessário entender os benefícios que essas ferramentas proporcionam para manter a empresa de forma sustentável. 

O ideal é a empresa se adequar as novidades tecnológicas e respeitar o ritmo da sua operação, mas sem deixar de se atualizar senão acabará ficando com processos obsoletos e engessados e, aquele empresário que tiver o controle de seus dados e números na mão ganhará mais espaço junto a clientes e fornecedores. 


Comentários


Compartilhe

WhatsApp Chat
Enviar